POR MAIS INCLUSÃO, SITE DE DUARTE JR. AGORA TEM MELHORIAS PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA VISUAL

Duarte Jr. vem comprovando que respeito e proteção de direitos é uma realidade que vai marcar seu mandato. Já com… [ ]

24 de março de 2019

Duarte Jr. vem comprovando que respeito e proteção de direitos é uma realidade que vai marcar seu mandato. Já com vários projetos de lei protocolados (alguns surgidos em parceria com a sociedade civil) e um aplicativo para o cidadão participar de seu mandato, entre outras iniciativas, o deputado estadual agora atualiza seu site com melhorias de leitura para pessoas com deficiência visual.

Facilmente localizado no lado direito do site, o recurso de acessibilidade (um ícone de uma pessoa no lado direito do site) possui atalhos de navegação facilitada que adapta o conteúdo para as necessidades específicas de cada pessoa com deficiência visual, como aumentar ou diminuir o tamanho do texto, texto em preto e branco ou com cores invertidas e destacar links.

Além disso tudo, agora também é possível ouvir as notícias e, em breve, os vídeos terão tradução em Libras, a Língua Brasileira de Sinais, que é a segunda língua oficial do Brasil. Isabelle Passinho, assessora especial legislativa de Duarte Jr., diz que a iniciativa é um avanço na luta por mais acessibilidade.

“O cumprimento das normas de acessibilidade virtual é fundamental para o direito à informação que é um direito de todos, sem exceção. Assim, garantimos à população com deficiência, dentro de cada especificidade, a interação ativa no processo de participação popular”, declara Isabelle.

A atualização do site obedece a Lei Brasileira de Inclusão, também conhecida como Estatuto da Pessoa com Deficiência, e a Lei nº 12.527, que regula o acesso a informações. O deputado informa que a inclusão em seu mandato não se limita ao ambiente virtual. “Inclusive já protocolei o projeto de lei do selo de acessibilidade, uma espécie de selo de qualidade que será entregue somente a prédios públicos e privados que adequarem suas estruturas a padrões de acessibilidade”, informa Duarte Jr.

asscom